Maioria dos americanos quer religiosos fora da política

Uma pesquisa realizada pelo Pew Research mostra que a maioria dos norte-americanos querem que as igrejas – de qualquer credo – fiquem de fora da política.

Foram 63% do entrevistados se mostrando contrários à participação de grupos religiosos durante as eleições, contra 36% dos que concordam que as instituições expressem suas visões políticas e sociais.

Em outra questão, 76% dos entrevistados disse que as congregações religiosas não devem fazer endossos políticos; contra 23% que acreditam que as igrejas deveriam fazer isso.

O estudo ouviu 6.

364 pessoas nos Estados Unidos em março deste ano e foi divulgado agora com alguns comentários de pessoas como o professor de democracia americana na Universidade de Notre Dame, David Campbell, que analisou o cenário de forma mais ampla.

“Antigamente os republicanos eram vistos como amigos da religião e os democratas eram vistos como neutros”, disse ele.

Mais da metade dos adultos americanos afirmam que o Partido Republicano é favorável à religião (54%).

Já quando se fala no partido da esquerda, apenas um em cada cinco (19%) acha que o Partido Democrata é amigo da religião.

“Agora você vê um número crescente de pessoas dizendo: não, os democratas são hostis à religião”, analisa.

Categoria:Sociedade